Destaques

Clube Lamoonier

10.6.18

O MAIOR SEGREDO DA VIDA O AUTO PERDÃO...

    




     Começo esse texto tendo em mente que esse é um círculo que nunca acaba só se transforma, todo dia é dia de perdoar. Tem momentos na sua vida que mesmo você tendo a convicção de que o certo é perdoar é incrível a dificuldade que temos em fazê-lo, faço esse texto porque eu descobri que mesmo eu sabendo o caminho me peguei extremamente magoada e sem recursos para perdoar e dá um passo a frente, foi nesse momento que tive a experiência que realmente o perdão é mais importante para nós mesmos do que pra qualquer outra pessoa envolvida nos fatos ou na sua história e em reflexão ainda indo mais fundo de mim descobri que muita das vezes não perdoamos outras pessoas porque não aceitamos nosso comportamento em permissão do mal que nos fizeram e por isso não NOS PERDOAMOS. Ficamos de mal conosco e acaba tudo ficando perturbado em nós e a nossa volta. Nos pegamos numa encruzilhada, e agora você vai seguir o caminho para uma vida renovada e feliz ou vai ficar aí se vitimizando e dando longos anos de vida ao sofrimento? É uma escolha lógica mas difícil!  Deixar ir o que te torna fraco e tomar rédeas e responsabilidade das suas vitórias e derrotas para muitos parece pesado de mais, falo de cadeira eu preferia culpar as circunstância a minha volta do que assumir que eu tinha um “trauma” e tinha medo de vence-lo porque se eu tentasse e não desse certo não seria mais culpa de ninguém é culpa somente minha. 





    Mas enfim... O que te leva a mudança é o reconhecimento da mágoa, nosso arquivo acumula tantas coisas minúsculas que nem nos damos conta e quando você se desperta está lá você com uma mala enorme, a pouco vi um desses exemplos em uma palestra, imagine você que quando se tem consciência da vida você adquiri uma mala que ali será depositado todas as suas experiências e sentimentos, essa mala uma hora vai encher e você terá que optar em retirar da sua mala as coisas ruins ou as coisas boas, você precisa de espaço pra ser preenchido(a), em um relacionamento então ixiii nem se fala, quando você tiver que compartilhar sua vida será que da sua mala vai sair coisas boas ou um monte de escorpião que vai sair envenenando todo mundo?

   E refletindo ainda sobre essa grande mala chamada vida que decidi ser o melhor de mim, opção trabalhosa, limpar o seu coração e só estar receptivo para o que a vida quiser que aconteça é muito louco e muito bom, bom não, é libertador! Você já fechou os olhos e imaginou o que é a verdadeira liberdade? Sem ansiedades, sem preocupações e angústias, foi nesse momento que me vi tentando, tentando ser livre, a ansiedade me controlei comecei a fazer exercícios mentais e fiquei ótima, as preocupações fiz um planejamento de soluções e metas e fluiu mas e as angústias? O que vou fazer com as angústias, comecei a analisar que minhas angústias eram raízes ruins que estavam dentro de mim, e adivinha quem plantou? A danada da mágoa e olha que a bicha já estava dando frutos, sabe quais são os frutos? Quando você se olha no espelho e vê o defeito que alguém mencionou no seu corpo, quando você quer concluir algo e lembra que alguém especial um dia disse que você não conseguia e de fato depois daquilo você sequer tentou com coragem.



   Esses desastres são frutos das marcas maléficas que as vezes uma simples palavra te fez crer, a grande verdade que o perdoar é você esquecer o que te fizeram tendo em mente que a vida continua e o próximo passo não pode ter registro dos anteriores. E como conseguir? Cada um tem a sua forma mas o importante é você apostar todas as suas fichas em você se esvaziar dos sentimentos ruins e ser racional e talvez pelo menos uma vez na vida fazer o que deve ser feito e não o que você gostaria de fazer. Entre todas as escolhas escolha ser feliz consigo mesma, escolha levar seus erros como aprendizado não como fardo, deixe fluir, ir é vir, como um círculo. Um círculo de amor! Após essa experiência de tolerância consigo mesma você estará pronta pra viver os momentos sem sobre peso, sem esperar que alguém ou algo complete a lacuna deixado por seu passado desastrosa, estar ali completa vivendo cada segundo como um real sopro de vida, sem estar presa no passado e sem se preocupar com o futuro, afinal podemos criar metas do que queremos em um futuro mas não somos nós que decidimos se o caminho que nos levará a ele é do jeito que sonhamos ou do jeito que a vida disponibilizará. Então porque não ser feliz com as pequenas coisas, se tornar forte se aceitando plenamente, lindamente do jeito que és. Perdoando pelo simples fato de se amar!

 Beijos da Lua! 




Comentários via Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

• Não serão aceitos comentários grosseiros
• Deixe o link do seu blog ao final do comentário
• Parcerias só em contato

@bloglamoonier

© LAMOONIER • Amor, comportamento e Autoestima – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in