Eu mesma e eu skincare 

Um fato: eu nunca imaginei na minha vida que passaria por uma quarentena, para ser sincera, nem sabia o significado da palavra e muito menos tinha ouvido falar TANTO dela. Bem, aposto que você também não, né?! Estou em processo de autoconhecimento há alguns anos já, e como já disse aqui diversas vezes em posts, é uma verdadeira montanha russa, tem dias que você vai está bem, ótima, super disposta e feliz, mas tem dias que nem tanto...

Final do ano passado me encontrei no fundo do poço (falei mais sobre isso neste post aqui) e literalmente escalei ele, estava tudo indo bem, até eu ficar tanto tempo comigo mesma e ter que me encarar de frente (Oi quarentena).

Segundo fato: a quarentena nos obriga a ficar mais tempo com nós mesmos, e ela veio nos ensinar algo, ou melhor, me ensinar algo, e se eu aproveitar todo esse tempo "livre" e finalmente me conhecer de verdade?

Sim, eu fico de pijama o dia todo 


Olha, não é fácil, é uma missão muito difícil me encarar, me olhar de frente, encarar a sobrancelha crescendo e não poder ir fazer, a raiz do cabelo aparecendo e ter que fazer sozinha, não ter a necessidade de ter que me arrumar todos os dias, aliás, quem vou ver de diferente? E tem mais, quando se arrumo causo estranheza na família ("ué tá se arrumando por que?").

Ter tanto tempo livre para poder assistir, dormir, ler, estudar, mas ler o que? Estudar o que? Assistir o que? O que eu gosto afinal? Sabem, eu estava vivendo em função dos gostos de terceiros e não do meu!

Fiquei dias e mais dias deitada, dormia, acordava, trocava o dia pela à noite, aliás, sempre fui mais elétrica de madrugada mesmo, 2,3,4 5 horas da manhã e eu ainda não dormi, vou mexer mais um pouco no Instagram. Falando em Instagram:

Chá é essencial

Lives, podcasts, conteúdos, SEJA PRODUTIVA, acorde cedo e malhe, mais que merda!! Eu não malhava antes por que agora tenho que malhar? ACORDAR CEDO? PRA QUE?Ufa, são muitos pensamentos e eu fui contra a maré, todos esses dias de quarentena até agora, não produzi tanto, fiquei a maior parte do tempo deitada e sem motivação, me cobrei, não me arrumei, se me arrumei foi pra tirar umas fotos, mas depois me desarrumei toda, estava uma bagunça aqui dentro, uma vontade de ficar deitada e só esperar isso tudo passar.

Eu sei que você também se sente assim; uma boa parte está lá, super feliz e produtiva, fazendo várias atividades durante o dia. Já a outra parte passa o dia de pijama sem vontade nenhuma de levantar da cama. É o efeito da quarentena, que pode soar em uns de um jeito, já em outros (...)

Tudo tem um limite, talvez tudo isso está acontecendo para PARARMOS UM POUCO e olharmos para nós, afinal, quantas famílias não almoçavam juntas durante tanto tempo? quantos pais não ficavam tanto tempo com seus filhos? Longe de mim romantizar a quarentena, mais e se começarmos a aproveitar a oportunidade de tanto tempo livre que estamos tendo?

E aquele livro lá parado na sua estante que você nunca tem tempo para ler? E aquele curso online salvo no seus favoritos ai do computador? E aquele jogo que você adorava jogar no horário do almoço e ficava chateada que não tinha nem tempo pra jogar ele direito? E aquele skincare que você só podia fazer nas folgas do seu serviço? E aquele almoço de domingo que era raro? E aquela receita que você salvou e estava louca pra fazer? BORAAAAA MIGAAA!!

Porém, calma, não se cobre em ser produtiva, mais também não perca a oportunidade de fazer coisas incríveis consigo mesma. Você não sabe a oportunidade incrível que está perdendo, de conhecer a si mesma, aliás você é a sua melhor companhia!