Confesso que nem sei como começar a escrever esse post pois a emoção é muita! SÃO 10 ANOS DE LAMOONIER há 10 anos eu decidi sentar em frente a um computador e começar um blog na internet. 

Eu tinha apenas 11–12 anos e naquela época eu não sabia que o blog LAMOONIER ia me proporcionar tantas experiências incríveis e que com ele eu iria aprender demais! Eu criei o blog no dia 8 de junho de 2011, eu não tinha amigos na escola, sofria bullying e estava perdidamente apaixonada por um menino chamado William, o William era minha primeira paixão e eu escrevia o nome dele em todos os lugares, cadeira da escola, diário, até que (pensei), por que não declara o meu amor pelo William? Eu era muito nova mais já sonhava em ter um amor verdadeiro e feliz, acho que fui influenciada pelo filmes de romance e desenhos que assistia.


Eu tinha certeza que tinha algo de diferente em mim, eu não me enquadrada em nenhum grupinho da escola, e olha, tentei Eu tentei fazer parte da turma dos nerds, da turma dos populares e até do grémio da escola, mas parecia que em nada eu me encaixava, eu gostava mesmo era de escrever e passava horas na frente do computador escrevendo sobre o William claro e escrevendo matérias inspiradas nas páginas de revista que eu colecionada (revista capricho saudades).

Eu morria de vergonha do meu blog e não mostrava ele pra ninguém, cheguei a ser  hackeada algumas vezes quando o pessoal da escola descobriu o meu blog, mas eu não desistir, em 2015 tive o meu primeiro relacionamento e alguns anos depois, logo depois do término descobri que era uma relação abusiva, antes eu não tinha conhecimento nenhum do que era uma relação abusiva, graças aos grupos do Facebook de desabafo me dei conta de que tinha vivido uma, e comecei a falar sem medo, ou melhor, escrever sem medo sobre isso no blog. (LINK DO PRIMEIRO POST SOBRE RELAÇÕES ABUSIVAS AQUI!) 





Escrevi o meu primeiro texto sobre o assunto em 2016, e para a minha surpresa muitas mulheres se identificaram e ali nasceu um novo assunto e meta para se falar nesse humilde blog na internet, relações abusivas. 

Comecei cada vez mais pesquisar sobre o assunto, me descobri feminista, descobri a palavra empoderamento e o mais importante, descobri que eu sempre fui feminista, só não sabia ainda. Aos poucos falando sobre esses assuntos no blog um dos meus textos ganhou reconhecimento e fui chamada para palestrar sobre a minha história numa fundação aqui do meu bairro, foi ali naquele momento palestrando para aproximadamente umas 40 pessoas eu tive certeza que é isso que quero fazer pro resto da minha vida, ajudar mulheres que passaram pelo que eu passei.

Depois dessa experiência decidi fazer uma seleção e escolher uma equipe para me ajudar com o blog, eram muitas responsabilidades o lamoonier estava crescendo! Foram três anos com uma equipe que me ajudou muito e me ensinou muito, hoje somente a Lidiane permanece na equipe mais sou muitíssimo grata a todas as outras meninas, pois elas fizeram parte da minha história, e ainda fazem.

Foram diversas experiências que o lamoonier me proporcionou, ele me proporcionou a fazer um ensaio fotográfico profissional em um estúdio que era algo que eu sempre tive um sonho de fazer, o lamoonier me proporcionou até a escalar montanhas a fazer trilha que foi uma coisa que definitivamente nunca imaginei que seria capaz de fazer.



Além disso, ele também fez eu questionar muitas coisas sobre mim, fez eu rever conceitos e a conhecer novas pessoas, mesmo sendo só virtualmente. Sou muito grata e feliz por tudo que esse espaço na internet já me proporcionou, sou grata por todas as mensagens que já recebi de carinho de apoio e de pessoas confiando em mim para pedir conselhos e contar sobre as suas vivências pessoais, e muito lindo e empoderador, MUITO OBRIGADA.

 Por isso digo muito obrigada a todas vocês que estiveram comigo por todos esses anos, a toda vocês que começaram a acompanhar ou conheceram o lamoonier agora, obrigada e que venha os próximos passos, o lamoonier não para de evoluir, e eu também não! :)

Todas as fotos desse post foram feitas via chamadas de video por: @lidiane.ph